Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 23 de outubro de 2011

OS MIGUEL MACEDO DESTE PAÍS

Se Miguel Macedo tivesse um QI próximo do normal teria percebido que todos os portugueses considerem miserável que morando em casa próprio tenha usado o endereço do Porto para sacar um subsídio de residência aos contribuintes. Fazer parte de um governo que retira subsídios é incompatível com estes oportunismos, se o ministro não tem a dignidade de pedir a demissão, então que tenha a coragem de prescindir do subsídio conseguido de forma oportunista e abusiva.
 
Se o ministro julga que o assunto está esquecido engana-se, circula nas caixas de email de todos os portugueses e começa a ser o símbolo do oportunismo neste governo.
«O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, recebe todos os meses cerca de 1400 euros por subsídio de alojamento apesar de ter um apartamento seu na área de Lisboa onde reside durante toda a semana. A assessoria de imprensa do Ministério da Administração Interna (MAI) afirma que o subsídio é legal, uma vez que o governante tem a sua residência permanente em Braga.» [Público]

Sem comentários: